domingo, 24 de junho de 2012

Giz de cera - Derretendo e Transformando!

Postado por Gabriela de Amorim às 18:22
Hoje ia para a casa da vó e acabei não indo. Depois de corrigir umas avaliações e colar algumas atividades no portfólio resolvi sair da rotina e fazer uma arte! Senti-me como uma criança novamente fazendo esta bagunça!


Você já se perguntou o que fazer com todos os pedaços quebrados de giz de cera? 
Tenho certeza que muitos de vocês já viram esta sugestão várias vezes e de muitas maneiras diferentes. Não vou inventar nada de novo aqui. Apenas reforço que se trata de uma ótima proposta para se fazer com seus filhos ou alunos (ou apenas uma idéia para um dia chuvoso). E você não tem que ser muito criativo para ser bem sucedido com este projeto. Perfeito, né?


O meu primeiro passo foi reunir inúmeros pedaços de giz de cera quebrados que com certeza com o tempo alguém os jogaria no lixo. Algumas propostas divulgadas utilizam giz de cera novinhos em folhas, aí vai da condição financeira e ecológica de cada um! É importante lembrar que os materiais que são envolvidos por rótulos de papel, devem ter os rótulos separados nesse momento de separação por cores. Essa foto acima, faz parte do meu acervo de imagens que há muito tempo salvei na rede, os meus foram separados em potes feitos de garrafa pet de Coca-cola, mais uma ideia que pode aproveitar a reutilização de materiais reciclados!


O segundo passo foi colocar os pedaços de giz em formas de silicone ou metal untada. Eu usei formas simples de empadão e untei com margarina sem farinha de trigo. É importante saber que depois, as formas não poderão ser usadas novamente com alimentos, pois ficam resíduos do giz que não saem com água. Mais eis uma dica importante, deixem a preguiça de lado! Digo isso porque é muito simples de fazer, mas deu tão certo na primeira vez, que na segunda fiquei com preguiça de repassar a margarina para untar! Aí começou minha lambança! Queimei o dedo, manchei um pano de prato porque derramei uma forminha nela (O giz derretido também não sai de tecido, por isso a importância de saber escolher os materiais que vamos usar). Não esquecer de untar (só margarina é o suficiente) e untar a cada nova utilização! As forminhas eu coloquei em uma forma maior, mas quando queimei o dedo, derramei um pouco de giz líquido e aí, não saiu mais, por isso, uma alternativa é forrar a forma com papel alumínio, pois evita perdas e bagunças!




É importante pré-aquecer o forno com temperatura de 200º (mas isso não é regra, só sugestão pra acelerar o processo). Outra dica, ao colocar o giz no forno se os pedaços estiverem pequenos, o derretimento é mais rápido. O ponto certo para tirar é ao perceber que os pedaços se derreteram por completo, pode demorar de 10 a 20 minutos, depende do tamanho dos pedaços de giz de cera e da potência do forno. Quando tirar a forma do forno, deixe esfriar por completo. Alguns sites indicam colocar na geladeira ou no freezer, eu deixei esfriar naturalmente. Cabe citar que talvez o giz pareça seco por fora mas por dentro permaneça mole, por isso, sugiro não apertá-lo logo que tirar da forma e seria interessante usar só no dia seguinte, ou depois de algumas horas.

                                                     Foto: Blog Reciclagem e Sucata

Quando vi essas formas acima, com potes de Danone pensei em testar se eles resistiram ao forno. Mas não tive surpresa ao perceber que derreti meus potes de Danone! Mas foi assim, acertando e errando, que me diverti e o melhor, fiz algo que queria muito fazer! Minha dicas para fazer novas formas, basta derreter na forma normal (como expliquei acima) e depois transferir o líquido para potes plásticos, de iogurte, formas de gelo, etc... 


Coisas que não li em lugar nenhuma, mas aprendi na prática:
* É interessante ter em mãos papel toalha pois qualquer lambança, será contida com o papel e não no pano de prato como eu fiz.
* Palitos de picolé também são bons acessórios! Se não mexer, as cores ficam em camadas, se mexer darão um efeito mais bonito, de mesclagem, mas é preciso mexer logo que tirar do forno. Se mexer muito, ficará uma cor só, mesmo que tenha sido feito com cores distintas.
* Depois que fiz os meus, li que existe também a possibilidade de colocar glitter, antes de levar para o forno.
* Formas gigantes de cupcakes ou mesmo latas refrigerantes de alumínio podem render giz em tamanho gigante.
* Formas de silicone, com formatos de animais ou mesmo de letras, formas de gelo, também são uma boa referência para moldes, pena que as formas de silicone não sejam tão baratas quanto eu gostaria.


Ah, ia esquecendo, as ideias podem ser usadas e entregues como presentes ou lembrancinhas em datas especiais, como dia das mães, dos pais, das crianças ou mesmo de final de ano. Quando usei em sala, com as crianças, como eram mesclados, elas não tinham certeza de qual cor surgiria e por isso a pintura também era envolvida com um suspense de cores mágicas!


Era isso! Minhas amigas de profissão e de loucuras com certeza lerão este post até o final! 
Meninas... ousem no desenho das formas para ficar mais divertida a brincadeira da pintura!
Se tiverem preguiça, guardem os giz quebrados e me doem, que aproveitarei de certeza =D



Confira outras possibilidades de formas, afinal ideias ampliam nossos repertórios:

Makeit-loveit              Better In Bulk              Club Chica Circle                       Petit Elefan

Instruc tables             Whimsy-love               Twelve Craft Still Christmas       Simple Mom Tips

Ransacked Goods     One Charming Party     Family Sponge                          Whipper Berry

                                 Simply Notable            Craft Passion                            Spearmint Baby

1 comentários:

Priscila Fantini on 18 de março de 2014 19:21 disse...

Essa atividade do Giz de Cera é muito boa! Eu fiz com um grupo e todos agora estão fazendo campanha de Giz de cera velho rsrsrs ótima dica!!

Postar um comentário

 

Minhas Memórias Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei